highlighted:

“Abracei o SUS como causa, como ideal”

Publicado em 31 de agosto de 2018

O Mato Grosso é um estado gigantesco, então a tarefa de Ana Paula Faria não é das mais fáceis: ela é nossa mobilizadora por lá e está super comprometida em fazer o Saúde É Meu Lugar se espalhar por todo lado.

E a mostra presencial nesse estado serviu não só pra mostrar e debater as histórias mato grossenses que já estão circulando, mas também pra justamente dizer pro povo de lá que o projeto existe. Sabe como? Ana Paula conseguiu organizar a mostra como parte da programação de um evento gigantesco: o 1º Encontro Estadual de ACS e ACE do estado, com um público previsto de 700 pessoas vindas de vários municípios. E foi isso que rolou no último dia 21, em Cuiabá.

“Ficou muito claro o quanto esses trabalhadores têm para contar, para compartilhar. Me senti muito satisfeita com a recepção que tiveram com o projeto e com a possibilidade de abrir esse espaço para troca de experiências, para um ouvir o outro”, diz ela, contando que, lá mesmo, os trabalhadores escreveram várias histórias para a nossa mostra online. “Tem muita gente trabalhando para fazer o SUS acontecer. Com o Saúde É Meu Lugar é o momento de darmos visibilidade”, completa.

Duas grandes presenças ajudaram o evento a ficar ainda mais legal: os ACS Henio Dantas e Lurquídea Reis  (que são nossos mobilizadores na Bahia e no Maranhão, respectivamente) estiveram lá contando suas experiências no dia a dia em suas comunidades como participando do projeto.  "Agora já estamos pensando em voar mais longe... com o nosso tuiuiú e voar pelo esse nosso Mato Grosso tão grande", escreveu ela pra gente, logo depois da mostra. O tuiuiú é uma ave típica do cerrado que a gente usou nos cartazes do Saúde É Meu Lugar no estado ;)

Ana Paula não é, ela própria, uma trabalhadora que atue diretamente nos territórios: enfermeira por formação, ela trabalha há oito anos como técnica da Escola de Saúde Pública do Mato Grosso. Isso não significa que ela esteja afastada dos debates sobre os territórios. Não, muito pelo contrário! Até porque a Escola oferece cursos como o técnico em ACS, em que é fundamental se aproximar dessas discussões. “Além disso, trabalhamos muito próximos aos escritórios regionais de saúde [estruturas de gestão ligadas à secretaria estadual, mas descentralizadas]. São 16 escritórios em nosso estado, e estamos em contato com eles o tempo todo”, diz ela.

“Comecei a trabalhar no SUS há 14 anos e aos poucos fui abraçando o Sistema como causa, como ideal. Acredito muito no SUS”, conta Ana Paula, que trabalha com Educação Permanente em Saúde: “Acredito muito na EPS como ferramenta para a qualificação da atenção à saúde e como possibilidade de transformar as práticas e os profissionais”.

Ana Paula chegou a atuar na educação privada, como professora de graduação em uma universidade. Mas, com o tempo, optou por ficar apenas no setor público. “Aqui tenho autonomia, espaço para desenvolver meu trabalho, me identifico muito com a Saúde da Família e asaúde pública. Aqui eu posso construir minhas redes, compartilhar conhecimentos e ter a possibilidade de transformar a realidade onde estou”.

Com o Saúde É Meu Lugar se tornando mais conhecido no estado, a gente espera ver cada vez mais histórias de lá.

Como este, que, segundo Ana Paula, foi um dos que mais lhe tocou. “No vídeo, a profissional fala sobre seu trabalho como ACS de uma zona rural. Relata as dificuldades que encontra em relação ao trajeto, porque o município não oferece transporte adequado,  animais que encontra no caminho, famílias que às vezes não aceitam a visita. Mas ela não perde a energia, sabe que está ali desenvolvendo um trabalho importante e valoriza sua profissão. E fala também de como é bom ver que a maior parte das famílias são abertas à sua presença, e perceber o quanto seu trabalho é também reconhecido pela comunidade”.

E você, ficou com vontade de mandar sua história também? Clica aqui e manda ver!


Comentários:

Para enviar comentários você deve estar autenticado, clique aqui para se autenticar.
content:
sidebar:
Widget: 12:
afterContent: