highlighted:

Projeto: Inclusão da comunidade local no plantio de hortaliças e o uso de ervas medicinal em Horta Suspensa

Mostra Local de: Unidade Básica de Saúde Cambará.

Categoria do projeto: – Projetos em Andamento

Nome da Instituição: Superintendência da atenção básica: Unidades Básicas de Saúde Cambará.

Cidade: Boa Vista/RR

Autor (es): Rosana Melquides Figueira de Matos – Bióloga.

Equipe: Rosana Melquides Figueira de Matos – Bióloga; Rosilene Maria Uchôa Lacerda– Enfermeira; Domingos da Costa Rocha – Diretor do Posto; Equipe de Agente de Saúde; Comunidade Local.

Objetivo: Desenvolvimento de horta suspensa e plantio de e ervas medicinal em garrafa pets e canos PVC com o auxílio da comunidade local.

_________________________

Mostra Local de: Unidade Básica de Saúde Asa Branca.

Categoria do projeto: – Projetos em Andamento

Nome da Instituição: Superintendência da atenção básica: Unidade Básica de Saúde Asa Branca.

Cidade: Boa Vista/RR

Autor (es): Rosana Melquides Figueira de Matos – Bióloga.

Equipe: Rosana Melquides Figueira de Matos – Bióloga; Any Karoline Bezerra de Alenca – Enfermeira; Rivena de Siqueira Dias – Enfermeira; Dioles Leyva Barrietos – médica; Luis Reinaldo Colmenares Aquino – Médico; Joel Gonzaga de Souza – Médico; Mircikely de Oliveira Assis - Assistente Social; Tássia Souza de Oliveira – Farmacêutica; Raimunda Nonata Valente dos Santos – Diretor do Posto; Equipe de Agente de Saúde; Comunidade Local.

Objetivo: Desenvolvimento de Hortas comunitárias no plantio de hortaliças e ervas medicinal com o auxílio da comunidade local, utilizando pneus, garrafas pets e canos de PVC.

________________________

Mostra Local de: Unidades Básicas de Saúde Arminda Lemos Lucas Gomes.

Categoria do projeto: – Projetos em Andamento

Nome da Instituição: Superintendência da atenção básica: Unidades Básicas de Saúde Arminda Lemos Lucas Gomes.

Cidade: Boa Vista/RR

Autor (es): Rosana Melquides Figueira de Matos – Bióloga.

Equipe: Rosana Melquides Figueira de Matos – Bióloga; Shirley Tiago de Souza - Diretor do Posto; Equipe de Agente de Saúde; Comunidade Local.

Objetivo(s) de Desenvolvimento de Hortas comunitárias no plantio de hortaliças e ervas medicinal com o auxílio da comunidade local. Utilizando pneus, garrafas pets, cano em PVC, hortas em canteiros de madeiras e hortas suspensas. Plantio de árvores frutíferas de pequeno a médio porte.

__________________________

Mostra Local de: Unidades Básicas de Saúde Olenka Macellaro Tome Vieira da Silva.

Categoria do projeto: – Projetos em Andamento

Nome da Instituição: Superintendência da atenção básica: Unidades Básicas de Saúde Olenka Macellaro Tome Vieira da Silva.

Cidade: Boa Vista/RR

Autor (es): Rosana Melquides Figueira de Matos – Bióloga.

Equipe: Rosana Melquides Figueira de Matos – Bióloga; Alexandrina Melquíades Ribeiro Lima – Farmacêutica; Cinaira Karolina Moraes Girard – Odontóloga; Ricardo Avelino de Carvalho – Diretor do Posto; Equipe de Agente de Saúde; Comunidade Local.

Objetivo: Desenvolvimento de Hortas comunitárias no plantio de hortaliças e ervas medicinal com o auxílio da comunidade local. Utilizando pneus, garrafas pets, cano em PVC, hortas em canteiros de madeiras e hortas suspensas. Plantio de árvores frutíferas de pequeno a médio porte.

________________________

 

RESUMO

A implementação de uma horta comunitária beneficiará a comunidade local para o incentivo e a conscientização de cultivo de alimentos orgânicos em locais com pouco espaço utilizando materiais recicláveis com o menos custo possível e o incentivo de plantio e consumo de ervas medicinais.

Palavras-chave: Horta, suspensa, erva medicinais, comunitária.

INTRODUÇÃO

Com o avanço da industrialização e as tecnologias, a população esta distanciando mais daquilo que nossos ancestrais consideravam comum como o plantio de seu próprio alimento. As crianças em sua grande maioria não sabem plantar e não tem o contato direto com a terra e o cultivo de plantas, podendo desencadear o desinteresse por uma alimentação saudável e o desconhecimento do uso de ervas medicinais.

Acredita-se que o contato direto do cultivo, da natureza e das atividades que façam o idoso colocar “a mão na massa” pode ajudar na recuperação de doenças, reforçar o auto estima, diminuir a depressão, aliviar o estresse e incentivar o convívio social. Tais atividades deixa o idoso feliz, aumentando sua vontade de viver.

A utilização de matérias recicláveis incentiva a população ao reaproveitamento e a diminuição do lixo no ambiente e também diminuindo os custos na elaboração das hortas. A criação de uma horta suspensa é ideal para locais onde não possui espaço suficiente para o cultivo de plantas.

 

2. JUSTIFICATIVA

Esse projeto tem como objetivo repassar o conhecimento à comunidade de aprenderem técnicas de cultivo de plantas medicinais e hortaliças em pequenos espaços aproveitando o conhecimento popular dos idosos e a correta utilização de plantas medicinais com a possibilidade de serem multiplicadores desses conhecimentos. É preciso rebuscar a prática

pelo plantio e uso de hortaliças e ervas medicinais embasando-se nas pesquisas científicas e unindo aos conhecimentos populares da comunidade.

 

3. OBJETIVOS ESPECÍFICOS

- Estimular hábitos alimentares saudáveis;

- Fortalecer o convívio comunitário;

- Exercitar a cooperação e o trabalho em equipe;

- Favorecer a aquisição de novos conhecimentos técnicos de plantio e manejo;

- Incentivar os participantes ao cultivo da horta em suas residências;

 

4. METODOLOGIA

 

5. MONITORAMENTO DOS RESULTADOS

Haverá a presença da comunidade junto com a equipe do projeto em todos os encontros marcados para o plantio, colheita ou preparação dos canteiros, buscando orientar e estimular o trabalho e a cooperação entre elas. Além disso, dispõe-se de uma lista de presença e documenta-se o desenvolvimento do Projeto com fotos.

 

6. VOLUNTÁRIOS

Participação da comunidade e funcionário da UBS.

 

7. MATERIAIS E MÉTODO

 
Garrafas pets;

 
Barbantes;

 
Cordas, barbantes ou fios;

 
Madeira;

 
Cano PVC de 150 cm;

 
Faca;

 
Estilete;

 
Cola para cano;

 
Mangueira;

 
Irrigador;

 
Pregos;

 
Martelos;


Torneira;

 
Compostagem;

 
Terra preparada;

 
Adubo orgânico;

 
Facão;

 
Semente e mudas de plantas medicinais e hortaliças de várias espécies de tamanha pequenas e médias;

 
Serrote;

 
Caixotes de madeira;

 
Balde;

 
Pneus sem câmara de ar;

 
Tela rígida de ar grande;

 
Tela maleável, tipo sombrite.

 

7.1. Método:

Não importa qual recipiente utilizará para fazer a horta suspensa: o importante é que todos eles tenham pequenos furos na parte de baixo para o escoamento da água.

Fazer três ou quatro furos na borda do recipiente que for utilizar (garrafa PET, vasinhos, latas, cano pvc...), amarrar fios ou arames nos furos e prende-los em ganchos no teto.

Encha o recipiente com a terra até ao meio, depois coloque as mudas ou sementes escolhidas e complete com a terra, deixando um espaço de um a dois centímetros da borda (no caso das mudas, cubra somente a raiz).

Para as hortas que irão ficar apoiadas na parede, podá utilizar telas de metal para amarrar as garrafas PET uma ao lado da outra ou uma acima da outra – o que nesse caso parece ser mais interessante, pois a água que escoar das mudas de cima pode ser aproveitado pelas mudas que estão embaixo.

Poderá ser utilizado escadas de madeiras que não serão mais usadas e colocar os potes ou vasos sobre os degraus, apoiando-a na parede.

 

8. CRONOGRAMA

MÊS/ATIVIDADES:

SETEMBRO - Divulgação do Projeto em reuniões com a equipe; Reuniões com as pessoas interessadas em participar do Projeto; Busca de parcerias com outros departamentos municipais; Aquisição de materiais e ferramentas; Preparação dos canteiros; Semeadura de sementes e mudas de hortaliças e ervas medicinais

OUTUBRO- Busca ativa para aumentar a aderência de participantes; monitoramento do plantio.

NOVEMBRO - Colheita das hortaliças; Plantio de novas hortaliças e monitoramento do plantio.

DESEMBRO - Colheita das Hortaliças e ervas medicinais e preparação de mudas para doação para a comunidade.

 

9. RESULTADOS ESPERADOS

O desenvolvimento da inclusão de uma alimentação saudável e o cultivo e uso das ervas medicinais pela comunidade e o desenvolvimento do trabalho em equipe e a interação entre

os participantes, bem como a aproximação dos usuários com a equipe de referência das

UBS e o ampliamento futuro do projeto em escolas e terrenos baldios da região.

 

10. ORÇAMENTO

Conta-se com a parceria da alguns órgãos da prefeitura na doação de pneus e compostagem e a doação de garrafas pets para a elaboração da horta suspensa, doações de voluntários para compra de sementes e mudas e outros matérias que serão necessário para o plantio e desenvolvimento da horta.

 

11. CONSIDERAÇÕES FINAIS

O projeto busca incentivar a comunidade local a trabalhar com a horta e a melhorar a qualidade da alimentação pelo consumo de hortaliças e legumes frescos, e também o plantio e uso de ervas medicinais visando promover saúde e bem-estar social e que os participantes levem o aprendizado para os seus lares.

Galeria de imagens


Comentários:

Para enviar comentários você deve estar autenticado, clique aqui para se autenticar.
sidebar:
Widget: 12:
Widget: Mais histórias 9:

Mais histórias

afterContent: